homem de roupa branca e óculos arrow-options
kcna
Kim Jong-un

O ditador norte-coreano Kim Jong-Un passou por um procedimento cardiovascular e está internado em estado grave. A informação, dada pelo um site de desertores norte-coreanos NK Daily, foi replicada por agências de notícias norte-americanas nesta segunda-feira (20) e refutada pela China e pela Coreia do Sul, que descartaram o estado grave, apesar de não descartar a informação do procedimento cirúrgico.

Segundo a agência de notícia Reuters, as especulações sobre a saúde do ditador norte-coreano começaram após ele não participar das comemorações de aniversário do avô dele, realizadas no dia 15 de abril. A cerimônia é considerada como um dos momentos mais importantes do ano na Coreia do Norte.

Leia também: Coreia do Norte confirma lançamento de projéteis de longo alcance

Kim tinha sido fotografado três dias antes na sua última aparição oficial com um aspecto descrito pela imprensa internacional como "pacífico e simples". Segundo o site de desertores, ele passou por uma cirurgia cardíaca após apresentar problemas ocasionados pelo fumo e pela obesidade e se recupera em um resort da região.

Em conversa com a agência Associated Press, o Japão, a China e a Coreia do Sul confirmaram que monitoram o estado de saúde do ditador constantemente.

    Veja Também

      Mostrar mais