Cratera marginal tietê
Reprodução: cnn
Cratera marginal tietê

A Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo da Capital abriu um inquérito para apurar o desabamento que resultou na abertura de uma cratera na marginal Tietê nesta terça-feira (1) . O caso aconteceu na área da construção da Linha 6-Laranja do metrô, na Freguesia do Ó, Zona Norte da capital.

Em nota, o Ministério Público de São Paulo informou que, além das causas, deve-se investigar os danos urbanísticos e ambientais no canteiro de obras e na pista de rolamento da marginal. Também foram requisitadas informações do Consórcio contratado pelo Governo do Estado de São Paulo.

A Defesa Civil foi acionada para informar possíveis riscos para construções na região. A SABESP e a CET deverão disponilizar esclarecimentos sobre a rede de esgoto e ordenação do trânsito. Confira nota completa:

"A Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo da Capital instaurou inquérito civil para apurar as causas do acidente ocorrido no dia 01/02/22 na Linha 6 – Laranja do Metrô, bem como, a extensão dos danos urbanísticos e ambientais decorrentes do incidente que causou danos no canteiro de obras e na pista de rolamento da marginal Tietê, prejudicando a mobilidade urbana no Município. A Promotoria requisitou informações já tomadas pelo Consórcio contratado pelo Governo do Estado de São Paulo.

Leia Também

A Defesa Civil foi instada a informar sobre a existência de risco nos imóveis residenciais e empresariais existentes no entorno. A SABESP e a CET deverão prestar esclarecimentos, respectivamente, sobre a rede de esgoto e ordenação do trânsito na região."



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários