Aglomeração na MSC Splendida
Arquivo pessoal
Aglomeração na MSC Splendida

Nesta segunda-feira (3), o governo federal deve promover uma reunião no Palácio do Planalto para discutir uma possível suspensão da temporada de cruzeiros no Brasil, após o surto de Covid-19 em navios nos últimos dias .

Devem participar do encontro os ministérios da Casa Civil, Saúde, Infraestrutura, Turismo e Advocacia-Geral da União, de acordo com o ministro do Turismo, Gilson Machado.

"Eu sou a favor que se cumpra por todas as partes o que foi estabelecido no protocolo interministerial que libera a temporada de cruzeiros, inclusive foi assinado pela própria Anvisa", disse ele à CNN Brasil .

Machado destacou que, além da questão sanitária, o governo federal vai considerar o aspecto econômico para tomar a decisão, como a geração de empregos. "Nós estamos falando em torno de mais 30 mil empregos e quase R$ 2 bilhões que essa atividade injeta na economia. Eu queria deixar uma pergunta no ar: será que os blocos de carnaval serão todos testados?", continuou.

Leia Também

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve enviar ao Ministério da Saúde um pedido para a suspensão dos cruzeiros no país. Segundo apuração da CNN , o documento vai sugerir que a pasta determine que os cruzeiros cancelem novas viagens no Brasil e fiquem atracados novamente.

De acordo com a Anvisa, o plano traçado inicialmente, que previa a liberação das atividades em um cenário epidemiológico favorável, não pode mais ser seguido devido ao avanço da variante Ômicron no Brasil.

A Anvisa recomendou ao Ministério da Saúde nessa sexta-feira (31) a suspensão da temporada de navios de cruzeiro após a agência cancelar as operações de duas embarcações por surtos da Covid . Ontem, a agência reforçou urgência no pedido, por risco de saúde pública.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários