MSC Splendida, navio de cruzeiro
Divulgação
MSC Splendida, navio de cruzeiro


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou ao Ministério da Saúde a suspensão da temporada de navios de cruzeiro. A medida ocorre após a Anvisa suspender as operações de dois navios por surtos de Covid-19.


O primeiro caso foi do MSC Splendida, atracado no Porto de Santos, em São Paulo. Em comunicado divulgado na quinta-feira (30), a agência apontou a ocorrência de  78 casos de coronavírus e outros 54 contactantes entre as cerca de 4 mil pessoas a bordo. No fim da tarde de ontem, o órgão confirmou o encerramento da operação do cruzeiro.


Já o segundo caso foi do Costa Diadema. O navio atracou no Porto de Salvador, na Bahia, com 68 casos de Covid-19 entre 3.836 viajantes , também na quinta-feira. Após avaliação das condições sanitárias, a embarcação foi autorizada a finalizar a viagem, com destino ao Porto de Santos.

Leia Também


É diante dessa situação, com "aumento repentino de casos de infecção por Covid-19 detectados nas embarcações que operam cruzeiros marítimos ao longo da costa brasileira", que a Anvisa faz a recomendação. A agência lembra que a retomada das operações de cruzeiro foi prevista em 5 de outubro, quando o cenário epidemiológico era mais favorável. 


Depois disso, em novembro, uma  nova variante do coronavírus foi identificada. "Os dados disponíveis até o momento apontam que a variante Ômicron tem o potencial de se espalhar mais rápido do que outras variantes e que pode contornar parte da proteção imunológica de vacinas e casos anteriores de Covid-19", ressalta a Anvisa.


Além disso, a agência pontuou que observa "dificuldades impostas pelos entes locais diante da necessidade de eventuais desembarques de casos positivos para Covid-19 em seus territórios".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários