SP: Saúde contrata médicos e enfermeiros em caráter emergencial
Reprodução
SP: Saúde contrata médicos e enfermeiros em caráter emergencial

Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), realizou a contratação de cerca de 280 médicos e enfermeiros em caráter emergencial.

O objetivo seria atender a alta procura nas unidades de saúde da capital de pacientes que encontram-se com quadro gripal, devido ao aumento repentino de enfermos nos últimos dias.

Em novembro de 2021, a SMS registrou um total de 111.949 atendimentos de pessoas com sintomas gripais, sendo 56.220 suspeitos de Covid-19. Neste mês, até segunda-feira (20), a SMS registra um total de 156.629 atendimentos a cidadãos com quadro respiratório, sendo 73.718 suspeitos de Covid-19.

Os profissionais vão reforçar as equipes de atendimento das Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs) e em todas as 19 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da cidade, onde também serão instaladas tendas para triagem dos cidadãos com sintomas de gripe, protocolo que já vinha sendo feito nas unidades de saúde. A triagem tem por objetivo identificar se há casos de Covid-19.

Leia Também

Desde o último dia 18, os pacientes diagnosticados com as síndromes respiratórias já estão sendo transferidos para a unidade hospitalar. Dos 406 leitos totais, 258, sendo 158 de enfermaria e 100 de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), estão destinados a essa finalidade.

Edson Aparecido, secretário municipal de Saúde, explica que "esse trabalho de triagem, de referenciamento de um hospital e a ampliação do atendimento à população nesses dias é fundamental para que a gente consiga dar um atendimento adequado em um momento de pressão, que a cidade enfrenta".


Na semana passada, a SMS solicitou ao Ministério da Saúde mais doses da vacina contra o vírus influenza, causador da gripe. Neste ano, cerca de 4,5 milhões de pessoas receberam esse imunizante na cidade de São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários