Em SP, número de escolas públicas que são alvo de furtos e roubos cresce em 2021
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Em SP, número de escolas públicas que são alvo de furtos e roubos cresce em 2021

Pelo menos 21  escolas públicas da cidade de São Paulo foram alvo de furtos e roubos em 2021. No ano passado, o número foi de 14 casos, o que significa um aumento de 50% se comparado 2020 a 2021. Os números são de um levantamento feito pela 'TV Globo' nesta quarta-feira (17).

Neste ano, dos contabilizados, ao menos 18 aconteceram na capital paulista. Os furtos mais comuns são de fios e cabos elétricos, torneiras e eletrodomésticos, e existem casos em que uma mesma unidade foi furtada diversas vezes.

A situação se agravou ainda mais por conta da pandemia de Covid-19, que fez com que diversas unidades de ensino ficassem fechadas. O problema da segurança também causa prejuízo educacional, já que a unidade alvo dos criminosos normalmente fica fechada e sem aulas presenciais.

Como é o caso, por exemplo, de uma escola municipal do Parque Edu Chaves, na Zona Norte da capital paulista, que precisou adiar o retorno presencial dos estudantes por conta de um furto de cabos há um ano. Cerca de 300 alunos sofreram com o fechamento da unidade.

Leia Também

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários