Governador João Dória Jr (SP)
Agência Brasil
Governador João Dória Jr (SP)

O governador de São Paulo,  João Doria (PSDB), disse que não autorizará a realização de manifestações contra o presidente  Jair Bolsonaro no dia 7 setembro. A decisão foi tomada em conunjunto com a Secretaria da Segurança Pública do Estado e tem como foco manter a segurança dos manifestantes. 

"A Secretaria de Segurança Pública tomou a decisão, no Conselho de Segurança Pública, de administrar as duas manifestações, respeitando ambas. As manifestações são democráticas [...]. Só não há conveniência de que grupos antagonistas se manifestem no mesmo dia, ainda que em locais diferentes”, disse o governador.

Apoiadores do presidente estão com manifestações marcadas para o dia 7 de setembro. Atos contarão com a presença do próprio  presidente e apoiadores. Doria reforçou que a SSP veterá a utlização de espaços públicos para qualquer manifestação contrária a Bolsonaro em todo o estado de São Paulo. 

De acordo com o governador, atos contra a gestão do presidente devem ser realizados no dia 12 de setembro, mas isso ainda será conversado com os organizadores da manifestação. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários