Vice-presidente Hamilton Mourão
undefined
Vice-presidente Hamilton Mourão

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), disse que os protestos governistas de 7 de setembro não provocarão uma 'convulsão social' no país. Segundo ele, as  ameaças de violência feitas pelos apoiadores mais inflamados do governo são 'fogo de palha'. 

Os protestos ocorrerão em diversas capitais. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já informou que, pela manhã,  participará do ato que acontecerá em Brasília, na Esplanada dos Ministérios; à tarde, o mandatário deve comparecer à Avenida Paulista, em São Paulo.

Neste final de semana, o chefe do Comando de Policiamento do Interior-7 da Polícia Militar de São Paulo (PMSP), Aleksander Lacerda, convocou “amigos” para o ato pró-governo.  Ele foi afastado na manhã de hoje (23) pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por "indisciplina”.

O vice-presidente Mourão não discordou da medida tomada por Doria. Ele disse que pronunciamentos de caráter político estão sujeitos ao regulamento disciplinar da PM. 

“Olha, todo pronunciamento de caráter político por um militar da ativa – no caso aí, desse coronel – está sujeito ao regulamento disciplinar. O regulamento disciplinar das polícias militares é muito similar ao das Forças armadas. Então, o comando da Polícia Militar de São Paulo deve estar tomando as providências a esse respeito”, disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários