Supremo Tribunal Federal nega investigação sobre Michelle Bolsonaro
Carolina Antunes/PR
Supremo Tribunal Federal nega investigação sobre Michelle Bolsonaro

Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para rejeitar um pedido de investigação sobre os depósitos de cheques realizados por Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. As informações são do jornalista Robson Bonin.

Dos onze ministros, seis deles votaram de maneira contrária à investigação: Alexandre de Moraes , Cármen Lúcia, Nunes Marques, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber e o relator Marco Aurélio Mello .

A votação trata de um pedido do advogado Ricardo Bretanha Schmidt que acusa o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de peculato. Isso porque Fabrício Queiroz depositou R$ 89 mil na conta da primeira-dama sem explicações.


"A despeito dos depósitos terem sido feitos na conta da esposa do noticiado e em período anterior ao mandato presidencial em curso, os fatos relatados pela imprensa são graves e revelam a prática, pelo presidente da República, do crime", alega o Ricardo Schmidt.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários