Eduardo Bolsanaro (PSL-SP)
Foto: Reuters/Adriano Machado
Eduardo Bolsanaro (PSL-SP)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou sua conta nas redes sociais para criticar a nova  prisão do parlamentar Daniel Silveira , contrapondo-a com a liberdade do ex-presidente Lula e do criminoso Lázaro Barbosa, foragido há mais de duas semanas. 

"De fato vivemos tempos estranhos, onde prisões inconstitucionais e ilegais dão margem para fixar tornozeleiras eletrônicas, que sob alegação de não recarregadas fazem o alvo retornar à prisão. Por outro lado, já se preocupam em regalias para Lázaro e inocentam Lula", escreveu.


O companheiro de Eduardo no PSL foi detido nesta quinta-feira (24) pela segunda vez após pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), que foi acatado pelo Supremo Tribunal Federal, por "desrespeito às medidas restritivas estabelecidas".

Também hoje o ministro  Gilmar mendes decidiu estender a suspeição do suspeição do ex-juíz Sergio Moro para todos os processos com o ex-presidente Lula.

Sobre Lázaro, a crítica do parlamentar se refere a um  pedido de proteção especial pedido pela defesa em caso de prisão do criminoso, feito nesta segunda-feira (21).  O argumento da defensoria é de proteger a integridade física e mental em caso de prisão do acusado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários