Maia e Bolsonaro se abraçando
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Rodrigo Maia e Jair Bolsonaro

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que voltou a contestar a confiabilidade da urna eletrônica e sugeriu, mais uma vez, fraude nas eleições de 2018 .

Maia , que deixa o cargo em breve, chamou a fala de Bolsonaro de "ataque direto e gravíssimo ao TSE" e disse que os partidos deveriam pedir explicações ao presidente na Justiça. Ainda, o presidente da Câmara afirmou que o presidente consegue "superar os delírios e devaneios" de Donald Trump , presidente dos Estados Unidos .

"A frase do presidente Bolsonaro é um ataque direto e gravíssimo ao TSE e seus juízes. Os partidos políticos deveriam acionar a Justiça para que o presidente se explique. Bolsonaro consegue superar os delírios e os devaneios de Trump", escreveu.



    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários