A mulher foi presa em flagrante no Rio de Janeiro
Reprodução
A mulher foi presa em flagrante no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro , uma mulher foi presa em flagrante após se passar por advogada  e tentar defender um cliente. A polícia informou que Ivana Serra Félix foi até a 13ª DP, em Ipanema , com o objetivo de acompanhar uma testemunha de um furto. As informações são da revista Época .

Segundo o delegado Felipe Santoro, titular da 13ª DP, assim que recebeu a intimação para depor, o homem contratou Ivana, quem conhece há mais de 15 anos e sabia ser advogada. Dessa maneira, ela teria preparado o contrato de serviços advocatícios no valor de R$ 1.567,50, assinado por ambos.

No momento em que chegou na delegacia, Ivana teria dito que esqueceu a carteirinha da Ordem dos Advogados do Brasil ( OAB ) e afirmou que uma amiga iria trazer o documento. Porém, três horas depois Ivana assumiu não ter inscrição na OAB e ter cursado somente dois períodos da faculdade em uma instituição particular.

Ainda, conforme as informações da polícia, a mulher tem anotações criminais por furto, apropriação indébita e estelionato. Ela foi presa em flagrante por tentativa de estelionato e falsidade ideológica. O cliente disse ter se sentido lesado aos policiais e afirmou que vai representar criminalmente contra ela.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários