Tamanho do texto

Segurança Edilson dos Reis Bispo se entregou e foi preso por tentativa de feminicídio; vítima ainda está internada, mas não corre risco de morte

Em Santo André, homem ateou fogo na ex-mulher e depois fugiu
Reprodução
Em Santo André, homem ateou fogo na ex-mulher e depois fugiu

O segurança Edilson dos Reis Bispo se entregou à polícia nessa quarta-feira (2) e foi preso por tentativa de feminicídio. Ele havia ateado fogo na ex-mulher em Santo André , no ABC Paulista, e estava foragido desde o dia do ataque, no dia 26 de dezembro.

Leia também: Bebê nasce em parto de emergência após pais serem mortos em arrastão, no RJ

A vítima, Josefa Paula Renata, ainda está internada, mas não corre risco de morte. Ela sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau no rosto, tórax e braço. As imagens de câmeras de segurança do bairro mostram que Edilson foi até o local de trabalho da ex-mulher, que é enfermeira no hospital onde está internada, em Santo André , e ofereceu carona em sua moto.

Josefa aceitou e, ao chegar na esquina, Edilson jogou um líquido pôs colocou fogo na vítima e fugiu. Em depoimento, ela disse que o ex-marido ofereceu a carona com o pretexto de conversar a respeito do antigo relacionamento e dos dois filhos. A vítima também disse que ele não pareceu estar nervoso em nenhum momento e que não houve discussão entre eles.

A Polícia Militar chegou a ser acionada por causa de uma briga de casal, mas, antes de chegar ao local, a corporação foi informada de que o homem havia ateado fogo na  ex-mulher . Josefa foi socorrida por moradores da região e colegas de trabalho. 

Leia também: Homem corta cabelo e depois assassina cabeleireira em salão de beleza de Osasco

Edilson Bispo ateou fogo na ex-mulher, em Santo André
Reprodução
Edilson Bispo ateou fogo na ex-mulher, em Santo André

Segundo a polícia, Edilson não aceitava o fim do relacionamento, que durou dez anos, mas não dava sinais de que poderia atacá-la. Eles não estavam juntos havia mais de um mês. Após o ocorrido, a vítima informou o endereço da residência do ex-marido aos policiais, mas ele havia fugido.

Edilson passou por exame de corpo de delito no Insituto Médico Legal (IML) de Santo André e foi transferido para a prisão. O caso foi registrado como tentativa de feminicídio e violência doméstica no 3º DP da cidade e o agressor ficará preso temporariamente por 30 dias e depois será julgado.

Leia também: Homem é espancado após tentar abusar de jovem com deficiência no litoral de SP

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.