Dilma chora em lançamento de programa para deficientes

Emocionada, petista diz considerar que este é um momento em que 'vale a pena ser presidenta'

AE |

selo

A presidenta Dilma Rousseff se emocionou hoje ao lançar, no Palácio do Planalto, o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. "Este é um momento em que vale a pena ser presidenta", disse Dilma, se mostrando bastante emocionada, sob aplausos dos presentes. Logo em seguida, Dilma foi interrompida por uma mãe que pedia mais atenção aos autistas. "Sou mãe de um autista e peço ao governo pelo amor de Deus que dê mais atenção aos autistas", disse a mulher. A presidenta, porém, não respondeu, e continuou seu discurso.

O plano nacional pretende promover a inclusão social e a autonomia da pessoa portadora de deficiência, ao eliminar barreiras e permitir o acesso a bens e serviços disponíveis a toda a população. Com metas a serem cumpridas até 2014, o plano conta com previsão orçamentária de R$ 7,6 bilhões e as ações serão executadas em conjunto por 15 órgãos do governo federal, sob a coordenação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

AE
Presidenta se emocionou ao discursar durante o lançamento do programa

    Leia tudo sobre: Dilma Rousseff

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG