Militante histórico do PSB diz que decisão foi tomada 'pela maneira grosseira como ela me tratou' em reunião na quarta

O secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira, afirmou nesta quinta-feira (21) que não será coodernador da campanha de Marina Silva , função que ocupava com Eduardo Campos , ex-governador de Pernambuco morto em um acidente aéreo no dia 13 .

Dia 20: Marina assume candidatura do PSB e coloca homens de sua confiança

Carlos Siqueira, que era coordenar da campanha da chapa presidencial do PSB, Eduardo Campos e Marina Silva (20/8)
Alan Sampaio / iG Brasília
Carlos Siqueira, que era coordenar da campanha da chapa presidencial do PSB, Eduardo Campos e Marina Silva (20/8)

Hoje:  Campanha de Marina Silva poderá sofrer novas baixas após saída de coordenador

Em declarações ao jornal Folha de S.Paulo, Siqueira afirmou que tomou a decisão "pela maneira grosseira como ela [Marina] me tratou".

Siqueira acusou Marina de ter sido "deselegante" com ele durante a reunião do partido na quarta-feira (20) em Brasília , que a confirmou como candidata à Presidência em uma chapa com o deputado Beto Albuquerque. "Eu disse que não aceitaria aquilo e afirmei: 'A senhora está cortada das minhas relações pessoais'", disse.

Sem contar detalhes da reunião, Siqueira, que é um militante histórico do PSB, completou: "Não estou e não estarei em hipótese alguma na campanha desta senhora."

Horário eleitoral: Marina homenageia Campos e Aécio promete cortar ministérios

A cúpula do partido se reuniu nesta quinta para tentar conter a crise. Participam da reunião vários líderes da legenda, entre eles o próprio Siqueira e o presidente nacional do PSB, Roberto Amaral.

Na quarta-feira, ao ser formalizada candidata ao Palácio do Planalto, Marina anunciou também a reestruturação da equipe de campanha, com a indicação de seus aliados para compor o núcleo central de coordenação. Siqueira, por exemplo, passaria a dividir a coordenação-geral com o ex-deputado Walter Feldman, que acompanhou Marina desde o início dos preparativos para criar a Rede Sustentabilidade.

Veja fotos de Marina Silva e da campanha eleitoral: 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.