Presidente Dilma lamenta morte de Luiz Gushiken

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-ministro estava internado no Hospital Sírio-Libanês, onde lutava contra um câncer na região abdominal

Agência Brasil
Luiz Gushiken foi ministro do governo Lula

A presidente divulgou, nesta sexta-feira (13), uma nota de pesar pelo falecimento de Luiz Gushiken.

Na carta, Dilma Rousseff afirmou que teve a felicidade, junto com todos que o conheceram, de compartilhar  da sua "capacidade de pensar como o Brasil poderia ser uma nação mais justa para todos"

O ex-ministro do governo Luiz Inácio Lula da Silva e um dos fundadores do PT morreu no início da noite desta sexta-feira, em São Paulo, aos 63 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, onde lutava contra um câncer na região abdominal.

Relembre:
Procurador pede absolvição de Luiz Gushiken
STF oficializa absolvição de 12 réus no processo do mensalão
Gushiken, ex-ministro de Lula, fica fora de denúncia do mensalão

Confira a íntegra da nota enviada pela presidente Dilma:

“A morte de meu amigo Luiz Gushiken é um momento de dor e de reverência. Dor pela ausência que ele fará para todos os que tiveram a felicidade de conhecê-lo, que puderam compartihar da sua sabedoria e capacidade de pensar como o Brasil poderia ser uma nação mais justa para todos.

Reverência pela serenidade como viveu a vida e enfrentou a morte.

Fundador do PT, deputado federal por três legislaturas, meu colega de ministério no governo Lula, Luiz Gushiken partiu como viveu. Com coragem.

Aos familiares e amigos, deixo as minhas condolências e homenagens a este grande brasileiro.”


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas