Líderes do Congresso também participam da reunião de Dilma com ministros

Por Luciana Lima - iG Brasília | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente marcou encontro para cobrar resultados e traçar estratégia para consulta sobre reforma política

Agência Brasil
A presidente Dilma Rousseff

Os líderes do governo na Câmara, no Senado e no Congresso também participarão da reunião ministerial convocada para esta segunda-feira (1º) pela presidente Dilma Rousseff na residência oficial da Granja do Torto. Além de cobrar resultados de cada pasta do governo, a presidente também pretende traçar com eles a estratégia para aprovar no Congresso a proposta de se convocar um plebiscito sobre a reforma política.

Leia também: Dilma convoca reunião ministerial para cobrar respostas rápidas aos protestos

Os três líderes, Eduardo Braga (Senado), Arlindo Chinaglia (Câmara) e José Pimentel (Congresso) já estavam na Granja do Torto para a reunião quando a presidente chegou, às 17h25. Ela se atrasou em uma hora porque estava em reunião com o senador do Psol, Randolfe Rodrigues, no Planalto. Grande parte dos 38 ministros também já a aguardavam.

Pesquisa:
Aprovação a governo Dilma cai e fica em 30%, aponta Datafolha
Protestos pioram avaliação de governadores e prefeitos do Rio e SP

Ao chegar à Granja do Torto, Chinaglia disse a reunião ocorre em um momento em que "se deve dar respostas rápidas à população", que foi às ruas.

A previsão inicial era de que o discurso inicial da presidente seria transmitido ao vivo pela tv estatal, como ocorreu na semana passada na reunião da presidente Dilma com governadores e prefeitos de capitais.

Nesta segunda-feira, de acordo com a assessoria do Planalto, não haverá a transmissão da fala da presidente. Haverá apenas uma explanação inicial para jornalistas e ao final da reunião, alguns ministros serão escalados para falar.

Leia tudo sobre: DilmaReforma política

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas