Governo diz que internação estava programada e que Mandela 'está bem'

"É uma visita que já estava programada", afirmou o porta-voz da presidência sul-africana

EFE |

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, de 93 anos, que foi hospitalizado neste sábado em Johanesburgo , "está bem, e não foi internado às pressas", informou o porta-voz do governo da África do Sul, Mac Maharaj. Segundo a BBC, Mandela passou por um cirurgia e está em condição estável.

AP
Mandela e a família posam para foto em sua casa em Qunu, na África do Sul (17/07/2011)
"É uma visita que já estava programada", afirmou Maharaj, que disse que a presidência sul-africana informará sobre o estado de saúde do ex-líder assim que tiver um relatório dos médicos.

O governo da África do Sul anunciou neste sábado em comunicado que Mandela foi internado em um hospital de Johanesburgo devido a dores abdominais. "Madiba (como é popularmente conhecido no país) tinha um dor abdominal há muito tempo e os médicos consideraram que ele precisava de atendimento médico adequado", indicou a presidência na nota oficial, que não indica em qual hospital Mandela está internado nem qual a gravidade do caso.

O porta-voz do governo não confirmou as informações que indicam que Mandela se submeterá a uma cirurgia de hérnia. Maharaj declarou que "isso dependerá dos exames médicos que forem realizados neste momento" e voltou a pedir respeito sobre a privacidade de Mandela e de sua família.

Há um mês, Mandela deixou sua residência na cidade de Qunu (sudeste da África do Sul) para retornar a Johanesburgo para realizar exames médicos de rotina, disseram fontes ligadas à família do ex-líder.

Leia também:
'Mandela quer que lutas justas continuem'
Em livro, Mandela afirma: 'não sou santo'

O líder da luta contra o regime segregacionista do apartheid sul-africano permanece sob vigilância médica desde que foi internado em janeiro de 2011 em um hospital de Johanesburgo, afetado por uma complicação respiratória.

Vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1993, Mandela recebeu alta em fevereiro do ano passado e foi enviado a sua casa de Houghton, Johanesburgo. Dias antes de completar seu 93º aniversário , em julho de 2011, o ex-presidente se mudou para a casa em Qunu, lugar onde passou sua juventude, acompanhado de uma equipe médica.

    Leia tudo sobre: ÁFRICA DO SULMANDELAinternação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG