A iraquiana Sajida Mubarak Atrous al-Rishawi, de cerca de 40 anos, está presa na Jordânia desde 2005 por terrorismo

A iraquiana Sajida Mubarak Atrous al-Rishawi, de cerca de 40 anos, está presa na Jordânia desde 2005
Reprodução
A iraquiana Sajida Mubarak Atrous al-Rishawi, de cerca de 40 anos, está presa na Jordânia desde 2005

Em um áudio enviado à família de Kenji Goto, um dos reféns japoneses do Estado Islâmico, ele afirma que não será morto se Sajida al-Rishawi for libertada pelas autoridades da Jordânia.

O segundo refém japonês, Haruna Yukawa, aparece decapitado em um vídeo, considerado "provavelmente autêntico" pelo governo japonês . O Japão negocia a libertação de Goto.

Sajida Mubarak Atrous al-Rishawi é uma iraquiana, de cerca de 40 anos, que falhou ao tentar fazer um ataque suicida a bomba em um hotel da capital da Jordânia em 2005. Ela está presa no país e foi sentenciada à morte. 

A ação no hotel Raddison era parte de uma série de três ataques a hotéis de Amã que mataram ao todo 60 pessoas. 

Ela vestia um cinto de bombas e deveria explodir durante uma cerimônia de casamento, segundo informações do jornal Independent. Al-Rishawi e seu marido Ali Hussei Ali al-Shammari invadiram o hotel Raddison, mas apenas ele acionou suas bombas. 38 pessoas morreram na ocasião.

De acordo com o jornal The Guardian, em 2005, Al-Rishawi disse em uma entrevista a uma rede de televisão da Jordânia em uma aparente confissão: "Meu marido executou o ataque. Eu tentei detonar e falhei. As pessoas saíram correndo e eu fugi correndo com elas".

Desde então, al-Rishawi está presa e foi condenada à morte, mas recorreu à sentença.

Ligação entre EI e Al-Qaeda

Segundo a CNN, o governo da Jordânia responsabilizou a Al-Qaeda do Iraque por ter orquestrado a série de ataques na época. Especialistas consultados pela rede de televisão norte-americana acredita que possa haver uma relação entre o chefe da Al Qaeda e a liderança do Estado Islâmico que justifique o pedido de troca.

Segundo a CNN, a libertação de al-Rishawi é parte da estratégia de propaganda do Estado Islâmico.

Veja os grupos terroristas mais ricos do mundo


    Leia tudo sobre: estado islâmico
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.