Papa Francisco se reúne com Bento 16 para almoço em Castel Gandolfo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

'Somos irmãos', diz novo papa durante momento histórico; novo pontífice presenteia papa emérito com uma Madona, após almoço e oração em capela

Multidões se reuniram na praça central da cidade montanhosa de Castel Gandolfo, ao sul de Roma, para testemunhar um evento histórico: dois papas se encontrando para um almoço e  discutindo juntos sobre o futuro da Igreja Católica.

O papa Francisco chegou de helicóptero neste sábado na residência papal em Castel Gandolfo, onde o papa emérito Bento 16 vive desde que renunciou ao cargo em 28 de fevereiro, se tornando o primeiro pontífice a abdicar do posto em 600 anos.

Alheio à Cúria: Papa Francisco terá de enfrentar burocracia do Vaticano

AP
Papa emérito Bento 16 recebe o papa Francisco no heliporto da residência papal em Castel Gandolfo, ao sul de Roma

Dilma Rousseff: Papa deve respeitar 'opções diferenciadas das pessoas'

Argentina: Cristina Kirchner pede intervenção do papa em disputa por Ilhas Malvinas

No carro, fazendo o trajeto do heliporto até o palácio, Francisco sentou-se do lado direito do carro, o acento tradicional do papa, enquanto Bento 16 ficou do lado esquerdo. Quando eles entraram na capela dentro do palácio para rezar, Bento 16 tentou fazer com que Francisco se ajoelhasse no genuflexório (banco de madeira para ajoelhar-se durante uma missa) papal, mas ele se recusou.

"Não. Nós somos irmãos. Rezamos juntos", disse Francisco a Bento 16, segundo o porta-voz do Vaticano, reverendo Federico Lombardi. Os dois, então, rezaram lado a lado.

Após escândalos: Nome Francisco indica desejo de renovação da Igreja Católica

Esportes: Filho de jogador de basquete, papa Francisco torce para o San Lorenzo

Francisco deu a Bento, de presente, uma imagem da Madona, e falou a ele que era conhecida como a "Madona da Humildade". "Eu pensei em você", disse Francisco a Bento 16. "Você nos deu tantos sinais de humildade e gentileza em seu pontificado." 

Bento 16 vestiu a simples batina branca do papa, com uma jaqueta por cima, mas não estava com a capa, como Francisco. Caminhando com uma bengala, ele parecia frágil comparado ao papa argentino de 76 anos.

O Vaticano tentou manter o encontro entre os dois discreto, respeitando o desejo de Bento 16 de permanecer "escondido do mundo". Não houve cobertura ao vivo da reunião privada, por exemplo.

Isso não impediu multidões de se reunirem do lado de fora da residência aos gritos de "Francesco, Francesco", embora tudo o que consigam ver é o helicóptero do papa.

Ângelus: Descontraído, papa prega perdão na primeira aparição da janela do Vaticano

AP
Papa emérito Bento 16 e atual pontífice Francisco rezam em capela em Castel Gandolfo

Entenda: Saiba quem são os jesuítas, ordem do papa Francisco

Segundo o Vaticano, Bento 16 recebeu Francisco no heliponto localizado nos jardins da residência para dar as boas vindas a Francisco, e os dois teriam um encontro na biblioteca de Bento 16, e então, almoçariam juntos.

O porta-voz do Vaticano disse que os dois falaram reservadamente por 40 a 45 minutos, e depois almoçaram com os dois secretários papais, mas nenhum detalhe foi divulgado.

Dom Claudio Hummes: Palavras de cardeal brasileiro inspiraram nome do papa

O encontro entre os "dois papas" levou a muitas especulações sobre o assunto da reunião neste momento tão histórico: a renúncia de Bento 16 traçou o caminho para a eleição do primeiro papa da América Latina, o primeiro papa jesuíta, e o primeiro a adotar o nome Francisco, em homenagem ao santo que abdicou uma vida de luxo para dedicar-se aos pobres e à natureza.

Talvez durante o almoço deste sábado, os dois papas devam discutir sobre as grandes questões que estão no caminho da igreja: a profunda secularização no mundo, a queda do número de seminaristas na Europa, a competição que a Igreja Católica enfrenta na América Latina e na África por causa das igrejas evangélicas e pentecostais.

Após a eleição: Papa Francisco celebra missa com cardeais na Capela Sistina

Perfil: Saiba quem é Francisco, primeiro papa latino-americano

Ou também sobre os problemas inerentes ao cargo de Francisco: Bento 16 deixou uma série de assuntos inacabados, incluindo a divulgação de uma investigação confidencial sobre os vazamentos dos documentos papais no ano passado. Papa Francisco deve sondar Bento 16 sobre suas ideias para gerenciar as mudanças na administração da Santa Sé, uma prioridade dado a disfuncionalidade atual da burocracia.

Leia todas as notícias sobre a renúncia de Bento 16

Eles também devem falar sobre o futuro do Monsenhor Georg Gaenswein, assessor de confiança de Bento 16, que tem a difícil tarefa de cuidar do papa emérito durante sua aposentadoria e também retornar ao Vaticano para servir seu sucessor nos ritos iniciais no gabinete.

Primeiro dia: Francisco dispensa carro oficial e reza em basílica de Roma

AP
Bento 16 conversa com papa Francisco durante reunião em Castel Gandolfo

Habemus papam: Argentino Bergoglio é eleito papa e adota nome de Francisco

Gaenswein, que chorou quando se despediu de Bento 16 no aposento papal em 28 de fevereiro, tem aparentado chateação visível quando ao lado de Francisco. O Vaticano afirmou que o primeiro secretário de Francisco será Alfred Xuereb, que foi o nº 2 durante o papado de Bento 16.

Depois de passar alguns meses em Castel Gandolfo, Bento 16 retornará ao Vaticano para viver em um monastério localizado nos jardins, apenas a alguns metros da Basílica de São Pedro.

Com AP

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas