Pronatec terá quase 1,2 milhão de vagas este ano

Presidenta Dilma Rousseff aposta em qualificação do trabalhador para impulsionar desenvolvimento

iG São Paulo |

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) vai oferecer, este ano, quase 1,2 milhão de vagas em cursos de qualificação em áreas como construção civil, informática, mecânica, turismo e enfermagem.

A presidenta Dilma Rousseff disse, em entrevista ao programa Café com a Presidenta, que os cursos serão feitos em parceria com o Senac, Senai e escolas técnicas federais. “O mercado de trabalho está exigindo cada vez mais qualificação. No ano passado, mais de 60% dos trabalhadores nas regiões metropolitanas tinham feito pelo menos o ensino médio, ou seja, estudaram pelo menos 11 anos”, disse.

Segundo a presidenta, o desemprego atingiu, no ano passado, o nível mais baixo dos últimos dez anos, chegando a 4,7% em dezembro. “Esses resultados são muito positivos, principalmente quando a gente observa o que acontece na Europa e nos Estados Unidos, onde uma séria crise econômica gerou estagnação e desemprego”, disse. “Com investimento, criação de emprego e distribuição de renda, estamos transformando o Brasil em um País de classe média”, completou.

Dilma Rousseff lembrou que o trabalhador com carteira assinada tem acesso a benefícios como décimo terceiro salário, férias remuneradas, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e seguro desemprego, além de acesso a crédito mais barato. “O emprego, com aumento do salário e da renda das famílias, é o motor do crescimento sustentável. Esse é o segredo do sucesso da economia brasileira. As pessoas melhoram de vida, podem consumir mais. A indústria e o comércio crescem, aumentam o investimento, a produtividade.”

Pronatec
O Pronatec é um programa que visa ampliar a oferta de cursos profissionalizantes e bolsas para estudantes e trabalhadores. Tem prioridade no acesso estudantes do ensino médio da rede pública, beneficiários do programa Bolsa-Família, agricultores, povos indígenas e trabalhadores em geral. O programa também estimula o aumento das vagas ofertadas às pessoas com deficiência e reserva 30% dos recursos para as regiões Norte e Nordeste.

*Com Agência Brasil

    Leia tudo sobre: Pronatecensino técnicoDilma Rousseff

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG