"U2 deve acabar em 2012", diz Bono

Vocalista faz suspense sobre o futuro do grupo de rock em entrevista

iG São Paulo |

O vocalista do U2, Bono Vox, disse em entrevista à edição norte-americana da revista "Rolling Stone" que o grupo pode terminar em breve. "A banda deve acabar em 2012. Não sei ao certo se realmente chegamos ao fim. É provável que ouçam algo sobre um novo trabalho no ano que vem, mas também é possível que isso não aconteça".

Siga o iG Cultura no Twitter

Ainda na mesma entrevista, o músico afirmou que a razão para uma possível separação seriam os questionamentos sobre a relevância do U2 nos dias de hoje. "Quero apenas sumir com a minha família, alguns livros, meu Ipod nano e uma guitarra elétrica", disse Bono.

Caso o relato seja verdadeiro, "No Line on the Horizon", álbum lançado em 2009 e o 12o da carreira da banda, pode ser também o último.

Formado em 1976 pelo vocalista Bono Vox, o guitarrista The Edge, o baixista Adam Clayton e o baterista Larry Mullen Jr, o U2 se tornou uma das bandas de rock mais lucrativas da história. Sua última turnê, a "360° Tour", bateu o recorde de turnê mais lucrativa da história , fechando seu caixa com pouco mais de US$ 736 milhões (R$ 1,14 bilhão).

    Leia tudo sobre: U2bonomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG