Os 7 melhores filmes de contos de fadas para adultos

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

"Branca de Neve", do espanhol Pablo Berger, mostra a personagem como uma toureira de Sevilha; veja outras produções que fazem releituras de histórias infantis

Criada pelos irmãos Grimm no início do século 19 e transformada em clássico pela Disney em 1937, é difícil imaginar o conto “Branca de Neve” sem o príncipe encantado, a bruxa má e alguns números musicais. Porém, nas mãos do espanhol Pablo Berger, a personagem é transformada em uma toureira de Sevilha, em um filme mudo e em preto e branco.

Crítica: Filme faz releitura da "Branca de Neve" com estética do cinema mudo

Charlize Theron é a rainha má no filme 'Branca de Neve e o Caçador'. Foto: DivulgaçãoCena do filme  'Floresta Negra'. Foto: DivulgaçãoA versão de Branca de Neve no filme 'Espelho, Espelho Meu'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'A Garota da Capa Vermelha'. Foto: DivulgaçãoReese Witherspoon em 'Freeway - Sem Saída'. Foto: DivulgaçãoCena do filme 'João e Maria - Caçadores de Bruxas'. Foto: DivulgaçãoCena de do filme 'Jack, o Caçador de Gigantes'. Foto: Divulgação

“Branca de Neve”, que estreou na sexta (5) nos cinemas, apresenta uma abordagem mais séria da história infantil. Trabalhando com elementos do conto de fadas e por vezes subvertendo-os, o longa se afasta do público jovem para se aproximar de uma audiência mais adulta.

O iG selecionou sete filmes que adaptam as clássicas histórias infantis para um público adulto.

1. “Branca de Neve e o Caçador” (2012)
Como o próprio título já indica, o personagem do Caçador – encarregado de arrancar o coração de Branca de Neve – ganha mais importância no longa. Estrelado por grandes nomes como Charlize Theron e Kristen Stewart, o filme apresenta nos aspectos técnicos seu ponto forte, como a releitura do espelho mágico e da floresta negra.

2. “A Floresta Negra” (1997)
Mais fiel ao lado sombrio do conto dos irmãos Grimm, “A Floresta Negra” apresenta a versão de Branca de Neve que mais se aproxima de um filme de terror. A rivalidade entre madrasta e enteada é o centro da narrativa. A transformação de um coração em maçã envenenada e da rainha má em uma velha senhora são os momentos mais assustadores.

3. “Espelho, Espelho Meu” (2012)
De humor leve e algumas cenas de ação, o filme apresenta Julia Roberts como a rainha má, que cobra altos impostos de seu povo para manter seu estilo de vida. Ao descobrir como a população é maltratada pela enteada, Branca de Neve (Lily Collins) resolve assumir o cargo que é seu por direito.

4. “A Garota da Capa Vermelha” (2011)
Com lobisomens e triângulo amoroso, esta releitura de “Chapeuzinho Vermelho” se aproxima no roteiro de filmes que foram grande sucesso de público, como a saga “Crepúsculo”. A história de Valerie (Amanda Seyfried), que decide fugir com seu verdadeiro amor quando sua mão é prometida em casamento, flerta com o sobrenatural e o romance.

5. “Freeway – Sem Saída” (1996)
Estrelado por Kiefer Sutherland e Reese Witherspoon, o longa apresenta Chapeuzinho Vermelho como uma fugitiva e o lobo mal como um serial killer. Os eventos do filme acontecem durante a viagem que a neta realiza para encontrar sua avó, transformando o conto de fadas em um “road movie”.

6. “João e Maria – Caçadores de Bruxas”
O conto infantil dos irmãos que são atraídos por doces para dentro da casa de uma bruxa foi reinventado como um filme de ação. Depois de matar o primeiro ser maligno ainda quando crianças, João e Maria passam a viajar o mundo, sempre em busca de bruxas e feiticeiras para matar.

7. “Jack, o Caçador de Gigantes” (2013)
Nesta releitura de “João e o Pé de Feijão”, vários elementos são alterados para transformar o conto de fadas em um bom filme de ação. A galinha dos ovos de ouro perde espaço para uma princesa que é capturada por um gigante, e fica presa em seu castelo nas nuvens. Jack, apaixonado pela jovem, resolve se juntar ao exército do rei para ajudar a salvá-la.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas