Robô Curiosity é lançado para Marte

Veículo mais avançado para estudar o planeta vai buscar elementos essenciais para a vida

iG São Paulo |

Reuters
Jipe-Robô Curiosity foi lançado a bordo do foguete não tripulado Atlas 5
A agência espacial americana lançou, neste sábado (27), o Laboratório Científico de Marte, veículo mais avançado para estudar o planeta vermelho.

O foguete Atlas 5, construído pela United Launch Alliance decolou da plataforma de lançamento 41 na Estação da Força Aérea na Flórida às das 13h02 (horário de Brasília). O Laboratório Científico de Marte chegará ao planeta vermelho em agosto de 2012. Depois de uma viagem de 9,65 milhões de quilômetros, ele se aproximará da cratera Gale de Marte, onde vai analisar o planeta por dois anos.

Nasa
Curiosity custou 2,5 bilhões de dólares
Hoje, dois minutos depois da partida e quando o projétil alcançava 7.778 km/h, se desprendeu o primeiro segmento do foguete propulsor. Depois que se desprendeu o segundo segmento, a cápsula que contém a sonda "Curiosity" disparou a mais de 24.000 km/h para sua travessia de 9,65 milhões de quilômetros nos próximos oito meses e meio com destino à cratera de Gale, em Marte.

"Estamos muito animados em lançar o mais avançado laboratório científico para Marte", disse o administrador da Nasa, Charles Bolden. "Ele nos dirá informações cruciais que precisamos saber sobre Marte. Enquanto avançamos em conhecimento científico, vamos nos preparando para missões tripuladas para o planeta vermelho e para lugares que nunca estivemos antes".

Também chamado de Curiosity, o jipe-robô custou 2,5 bilhões de dólares e vai buscar elementos essenciais para a vida, especialmente as substâncias orgânicas. Ele possui 17 câmeras e 10 instrumentos científicos, incluindo laboratórios químicos para identificar os elementos em amostras de solo e rocha, que serão escavados pelo braço robótico da sonda de perfuração.

Leia mais:
Nova missão da Nasa a Marte é de alto risco, adverte especialista
Nasa se prepara para lançar robô Curiosity a Marte
Robô Curiosity vai pousar em uma grande cratera de Marte
Robô Curiosity se prepara para aterrissar em Marte em 2012
Após série de atrasos, Nasa prepara lançamento de robô para Marte
Entraves financeiros ameaçam missão a Marte
Nasa desiste oficialmente do Spirit

O Curiosity vai pousar na cratera Gale, com 154 quilômetros de diâmetro.O local é considerado interessante para estudo, pois dentro dela há uma montanha com depósitos em camadas, erguendo-se a 4.800 metros - o dobro da altura das camadas que formam o Grand Canyon, nos EUA.

A base da cratera da montanha possui argila, evidência de um ambiente úmido prolongado, disse o cientista planetário John Grotzinger, do Instituto de Tecnologia da Califórnia e cientista-líder da missão principal. A água é considerada um elemento chave para a vida, mas não o único. Sondas anteriores  já procuraram sinais de água de superfície.

Com "Curiosity", a Nasa muda seu foco para procurar outros ingredientes para a vida, incluindo o carbono orgânico. "É uma longa tentativa, mas vamos tentar", disse Grotzinger a jornalistas.


(Com informações das agências internacionais)

    Leia tudo sobre: espaçonasacuriositymarte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG