Veja infográfico que mostra como era o Edifício Liberdade, na década de 40, e como ficou com as alterações

Imagem da década de 40 mostra que a fachada do Edifício Liberdade, que desmoronou na noite de quarta-feira (25), foi alterada.

Mais sobre o desabamento: Dentista denuncia desvio e é preso. Policial alega ser dono de objetos

A foto que enfatiza o Theatro Municipal, vizinho ao prédio, mostra que o edifício construído em 1940 sofreu alterações nos andares superiores e na fachada cega. Nos últimos anos, o edifício ganhou janelas na fachada cega e a área dos andares mais altos foi ampliada.

Para o engenheiro civil Rodrigo Farah, da USP, qualquer alteração nas fachadas dos prédios deve ser analisada previamente. Abertura de janelas, por exemplo, pode alterar a estrutura.

"As estruturas sempre trabalham como um todo e qualquer alteração deve ser estudada e calculada para garantir a integridade desse todo. Janelas abertas em paredes que parecem ser estruturais, sobrecargas não previstas em projetos como as alterações na cobertura ou ainda grandes alterações internas alteram o comportamento da estrutura e das distribuições de cargas podendo gerar algumas patologias, como trincas e portas que não fecham ou ainda danos estruturais mais graves que podem levar a ruptura da estrutura toda", diz Farah.

Imagem mostra as alterações no Edifício Liberdade, no Rio
Arte iG
Imagem mostra as alterações no Edifício Liberdade, no Rio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.