'Tenho ojeriza a denuncismo sem provas, diz Lula

Sobre as denúncias do ex-chefe do Dnit, ex-presidente faz comentário semelhante ao da briga de versões com o ministro do STF Gilmar Mendes na semana passada

Agência Estado |

Agência Estado

Ao comentar as denúncias feitas neste final de semana pelo ex-chefe do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), Luiz Antonio Pagot, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que tem "ojeriza" a esse tipo de denuncismo. "Há um certo tempo eu tenho uma ojeriza a este denuncismo sem provas. Falam, falam e não provam nada", disse o ex-presidente nesta segunda-feira, em São Bernardo do Campo.

Leia mais: Lula toma vacina contra a gripe

Entrevista ao Ratinho:  'Não permitirei que um tucano volte a presidir o Brasil'

Agência Estado
Lula tomou vacina contra a gripe em uma UBS de São Bernardo do Campo

Na sua avaliação, a entrevista que Pagot concedeu à revista IstoÉ, com denúncias contra petistas e também tucanos "diz e ao mesmo tempo não diz nada". Acompanhado da ex-primeira-dama Marisa Letícia, Lula tomou vacina contra gripe em uma UBS da cidade .

O comentário de Lula segue a mesma linha de sua resposta ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que o acusou de querer interferir no julgamento do processo do mensalão em troca de uma suposta blindagem a ele na CPI do Cachoeira.

Encontro com Mendes:  Em nota, Lula nega interferência no STF

Na semana passada, em entrevista ao programa do Ratinho, no SBT, Lula disse que quem conta uma história deve prová-la. Nesta segunda-feira Lula voltou a dizer que ao denunciar um fato, o denunciante tem a obrigação de ter provas que confirmem sua tese. "Acho que essas coisas todas que se falam tem de provar", ressaltou.

Vacina

Além de Marisa, Lula também estava acompanhado do prefeito da cidade, Luiz Marinho. O ex-presidente fez um apelo para que gestantes e maiores de 60 anos participem da campanha de vacinação. "As pessoas que estão em casa coçando, por favor, levante do sofá e venha à UBS (Unidade Básica de Saúde) tomar a vacina", convocou, bem-humorado.

O ex-presidente afirmou que toma a vacina contra gripe todos os anos, há cinco anos, e nunca mais pegou a doença. "Nunca mais tive gripe", emendou o ex-presidente, que se recupera de um tratamento contra um câncer na laringe.

Após tomar a vacina, Lula conheceu a nova unidade do bairro de Rudge Ramos e aproveitou para visitar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) inaugurada recentemente pela prefeitura da cidade.

    Leia tudo sobre: POLITICALulapagot

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG