Lula disse esperar que Moro tenha direito de defesa
Divulgação/PT
Lula disse esperar que Moro tenha direito de defesa

Nesta terça-feira (24), o  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse esperar que o  ex-ministro da Justiça Sergio Moro tenha o direito de defesa que ele não teve, em referência ao caso em que ele se tornou réu pela Justiça a pedido dos deputados do PT.

"Só espero que ele tenha o direito de defesa e a presunção de inocência que eu não tive com ele", afirmou Lula sobre os  processos que foi condenado e preso, em 2017, pela Operação Lava Jato. 

O ex-presidente também afirmou que espera que Moro tenha um tratamento honesto por parte da imprensa, dizendo que no caso dele, houve uma cobertura parcial, enquanto era investigado e condenado nos casos Tríplex do Guarujá e Sítio de Atibaia.

"Espero que ele tenha um julgamento digno, decente e respeitoso. Mas acho que Moro cometeu um crime contra esse país", acrescentou.

Moro virou réu em uma ação popular movida por deputados federais do PT na Justiça Federal do Distrito Federal. A decisão foi assinada pelo juiz Charles Renaud Frazão de Morais na tarde dessa segunda (23).

Os parlamentares pedem que o ex-juiz seja condenado a ressarcir os cofres públicos por alegados prejuízos causados à Petrobras e à economia brasileira durante sua atuação à frente da Operação Lava Jato.

O Ministério Público Federal será intimado para ter "ciência da demanda".

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários