O presidente Jair Bolsonaro durante entrevista neste domingo (15) na Praça dos Três Poderes, em Brasília
Reprodução/Facebook - 15.05.2022
O presidente Jair Bolsonaro durante entrevista neste domingo (15) na Praça dos Três Poderes, em Brasília

presidente Jair Bolsonaro afirmou, após parar na Praça dos Três Poderes e ser recebido por apoiadores no início da tarde deste domingo (15), que a margem de lucro da Petrobras é um "estupro".

"Por favor, Petrobras não quebre o Brasil. A margem de lucro deles, eu falei, é um estupro", disse Bolsonaro.

O chefe do Estado afirmou ainda que a política de preços da Petrobras pode ser mudada, se o conselho da empresa assim decidir.

A política de preços dos combustíveis da Pretrobras foi implementada na gestão de Pedro Parente, durante o governo Michel Temer, e leva em conta a variação do dólar e do preço do barril do petróleo no mercado internacional.

"A PPI [política de paridade de preços] não é uma lei, é uma resolução do conselho. Se o conselho achar que deve mudar, muda. Mas não pode a população como um todo sofrer essa barbaridade, porque atrelada ao preço dos combustíveis está a inflação", disse Bolsonaro.

O pré-candidato à reeleição, vem se queixando da Petrobras em razão dos sucessivos aumentos de preço dos combustíveis.

Ele cobrou publicamente o ministro e o próprio José Mauro Coelho exigindo a redução de preço dos combustíveis. O presidente já demitiu dois presidentes da empresa (Roberto Castello Branco e Joaquim Silva e Luna) em razão de reajustes — motivados pela alta dos preços internacionais do petróleo e do dólar.

O presidente também foi questionado (duas vezes) durante entrevista se trocará o presidente da estatal, Bolsonaro respondeu: "Pergunta para o Adolfo Sachsida". De acordo com ele, o ministro tem "carta branca".

"Pergunta para o Adolfo Sachsida. Ele é o ministro das Minas e Energia e trata disso. E deixo bem claro: todos os meus ministros, todos, sem exceção, eu dou carta branca para fazer valer aquilo que ele achar melhor para o seu ministério para atender à população", afirmou o chefe de Estado.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegra   e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários