Tarcísio afirmou que polarização política nas eleições presidenciais devem se repetir no estado de São Paulo
Marcello Casal JrAgência Brasil - 24/11/2021
Tarcísio afirmou que polarização política nas eleições presidenciais devem se repetir no estado de São Paulo


Tarcísio de Freitas  (Republicanos), pré-candidato ao governo de São Paulo, afimou nesta terça-feira (10) que Jair Bolsonaro (PL) "aplicou um remédio" previsto na Constituição ao conceder o indulto ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

Em entrevista ao programa "Amarelas On Air", transmitido pela Veja no YouTube, o ex-ministro da Infraestrutura ressaltou que, até o momento, o presidente da República não infringiu nenhuma regra constitucional. 

"O próprio caso do Daniel Silveira. O que o presidente fez diante de uma decisão do Supremo Tribunal federal? Aplicou um remédio, aplicou um instrumento previsto na Constituição. Agiu dentro da regra do jogo? Totalmente", afirmou.

Perguntado sobre a decisão do STF em relação ao deputado bolsonarista, Tarcísio discordou da pena aplicada a ele. "Eu acho que foi um erro. Você vai condenar uma pessoa a oito anos de cadeia porque ela emitiu uma opinião sendo parlamentar?"

Quando questionado sobre as sinalizações de Bolsonaro e aliados de romper com a Constituição nas eleições deste ano, o político do republicanos destacou que não iria comentar a estratégia do atual chefe executivo do país, mas que ele vem defendendo com "unhas e dentes" a liberdade. 

"O fato é que, objetivamente, ele não agrediu a Constituição em momento nenhum, tem atuado dentro da regra do jogo, defende a liberdade com unhas e dentes, tem uma liderança incontestável com relação à sua base e é um fenômeno, eu fico impressionado com a resiliência dele", ressaltou.

O candidato, que terá o apoio de Bolsonaro na corrida eleitoral de São Paulo, afirmou ainda que as Forças Armadas não terão atitudes que possam fugir das normas constitucionais durante as eleições de outubro deste ano. 

"As Forças Armadas têm se mantido e vão se manter dentro do seu papel constitucional, na garantia da lei da ordem e da garantia da defesa nacional."


Outro assunto colocado em pauta na entrevista foi a possibilidade de ser reproduzida, em São Paulo, a polarização política que vem se desenhando na disputa à presidência da República nas eleições. 

Tarcísio afirmou que será natural essa possibilidade s concretizar, dado que o estado configura o maior colégio eleitoral do país e pode, consequentemente, ser o reflexo da corrida presidencial.

"Quando você tem dois candidatos à presidência da República que são fortes, e o estado de São Paulo é o maior colégio eleitoral do Brasil, há uma grande possibilidade de haver essa repetição no estado. Eu acho que vai haver essa repetição", disse.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários