Tarcísio de Freitas, pré-candidato ao governo de SP
Reprodução
Tarcísio de Freitas, pré-candidato ao governo de SP

O pré-candidato ao Governo de São Paulo Tarcísio de Freitas disse que a polícia do estado é cúmplice do crime organizado. "O paulista não percebe a associação com ao crime organizado. (A polícia de) São Paulo fez um pacto com o crime organizado, de não combatê-lo", afirmou.

A crítica foi feita pelo ex-ministro de Infraestrutura do governo de Jair Bolsonaro, que deixou o cargo para concorrer ao governo de São Paulo, em entrevista ao canal Money Reports, no YouTube, na sexta-feira (1º).

Para o aliado do presidente Bolsonaro "combater o crime organizado dá efeito colateral e ninguém quer o efeito colateral de combater o crime". Ele ainda profetizou que "o crime organizado cresce, infiltra no poder e tem força política".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários