Ciro Nogueira é apontado pela PF por crime de corrupção
Reprodução: commons - 08/04/2022
Ciro Nogueira é apontado pela PF por crime de corrupção

A Polícia Federal concluiu que o ministro da Casa Civil Ciro Nogueira (PP-PI) recebeu propinas do grupo J&F e, por isso, cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O relatório final da investigação foi enviado nesta sexta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Agora, o STF deve enviar o material para o procurador-geral da República Augusto Aras definir se apresenta denúncia contra Ciro ou se arquiva o caso.

Os pagamentos de propina teriam sido feitos a Ciro para que o PP apoiasse a campanha de reeleição da petista Dilma Rousseff em 2014. A PF rastreou, dentre outros pontos, repasses feitos a um irmão do senador por meio de um supermercado fornecedor do grupo J&F.

A investigação teve início com base na delação premiada dos executivos do grupo J&F, mas a Polícia Federal aponta no relatório que obteve provas independentes que corroboram os relatos.

A PF não chegou a indiciar o ministro porque há um entendimento do STF de que não é possível realizar o indiciamento de políticos com foro privilegiado. O inquérito foi conduzido pela Coordenação de Inquéritos nos Tribunais Superiores (Cinq), vinculada à sede da Polícia Federal em Brasília.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários