Pesquisa Quaest/Genial: Lula mantém 44% e Bolsonaro sobe para 29%
Reprodução
Pesquisa Quaest/Genial: Lula mantém 44% e Bolsonaro sobe para 29%

As intenções de  voto em Jair Bolsonaro (PL) cresceram e chegaram a 29% no primeiro turno. Já o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, permaneceu com 44%, segundo números da pesquisa Quaest/Genial, publicada nesta quinta-feira (7).

Com o resultado, é o segundo mês consecutivo em que Bolsonaro ganha três pontos percentuais, em um crescimento acima da margem de erro, que é de dois pontos.

Descolados da liderança, os candidatos Sergio Moro (União Brasil) tem 6%; Ciro Gomes (PDT) tem 5%; André Janones (Avante) tem 3%; João Doria (PSDB) e Simone Tebet (MDB) têm 1%.

Cenário do primeiro turno:

  1. Lula - 44% da intenção dos votos 
  2. Bolsonaro - 29% da intenção dos votos 
  3. Moro - 6% da intenção dos votos 
  4. Ciro Gomes - 5% da intenção dos votos 
  5. André Janones - 3% da intenção dos votos 
  6. João Doria - 1% da intenção dos votos 
  7. Simone Tebet - 1% da intenção dos votos 

Além disso, 5% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco/nulo ou não iriam votar. Outros 5% declararam estar indecisos.

Para o segundo turno, o nome de Lula também aparece na liderança em todos os cenários, segundo a pesquisa. Confira:

Leia Também

Cenário I

  1. Lula (PT) – 55%
  2. Jair Bolsonaro (PL) – 34%
  3. Branco/nulo/não vai votar – 8%
  4. Indecisos – 3%

Cenário II

  1. Lula (PT) – 55%
  2. Ciro Gomes (PDT) – 22%
  3. Branco/nulo/não vai votar – 20%
  4. Indecisos – 3%

Cenário III

  1. Lula (PT) – 58%
  2. João Doria (PSDB) – 16%
  3. Branco/nulo/não vai votar – 23%
  4. Indecisos – 3%

Cenário IV

  1. Lula (PT) – 55%
  2. Sergio Moro (União Brasil) – 25%
  3. Branco/nulo/não vai votar – 17%
  4. Indecisos – 4%

Metodologia 

A pesquisa foi realizada por meio de entrevistas presenciais com 2 mil pessoas entre os dias 1 e 3 de abril, com pessoas de todas as regiões do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00372/2022.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários