Governador João Doria (PSDB)
Valter Campanato/Agência Brasil - 22.10.2019
Governador João Doria (PSDB)

Na manhã desta quinta-feira (31), o governador de São Paulo, João Doria, surpreendeu aliados e auxiliares após comunicar sua desistência à candidatura presidencial pelo PSDB. O tucano não vai renunciar ao cargo de governador do estado de São Paulo no dia de hoje, como estava previsto.

Doria cancelou agendas externas, mas ainda tem presença confirmada em evento com prefeitos no Palácio dos Bandeirantes às 16h, onde provavelmente deve fazer o anúncio oficial. 

De acordo com aliados, o atual governador paulista deve também anunciar a saída do PSDB e não vai tentar a reeleição ao governo de São Paulo.

A permanência no cargo de governador pode estremecer a relação de Doria com Rodrigo Garcia e outros membros do partido. Sua decisão ameaça a possibilidade da candidatura de Garcia ao Palácio dos Bandeirantes, já que assumir o governo é parte fundamental da estratégia da candidatura do vice. Além disso, a desistência de Doria também significaria o descumprimento de um acordo político feito entre os dois.

Leia Também

Outros movimentos

Além de Doria, outros políticos da cúpula do PSDB já estão movimentando a cena política para as eleições de 2022.

Eduardo Leite (PSDB) abriu mão do cargo de governador do RS. Apesar de ter perdido as prévias, o tucano seguia cogitando a candidatura presidencial e negociou com o PSD.

Rodrigo Garcia (DEM), o atual vice de João Doria, entregou o cargo de secretário, também para concorrer ao cargo de governador.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários