Plenário da Câmara dos Deputados
Reprodução
Plenário da Câmara dos Deputados

Faltando pouco mais de uma semana para o fim da "janela partidária", 55% dos deputados federais — quase 11% da Câmara — mudaram de legenda. O período, iniciado no dia 3 de março, funciona para que deputados federais, estaduais e distritais troquem de partido sem perder o mandato.

O levantamento do portal iG considerou as mudanças confirmadas até a data de ontem (23). O partido que mais ganhou parlamentares foi o PL — partido ao qual se filiou o presidente Jair Bolsonaro no final do ano passado — saltando de 42 para 63 deputados na Câmara Federal.

Até o momento, o PL é o partido com mais representantes na casa legislativa, e o número pode ainda aumentar, já que a legenda espera filiar ainda os deputados Major Vitor Hugo (GO) e Filipe Barros (PR).

Já o PT , partido de Lula, que lidera a corrida presidencial, deixou de ser a legenda com maior bancada e hoje ocupa a segunda posição, com 54 deputados — e a chance de perder um quadro importante: Marília Arraes (PE), que pleiteia uma vaga no governo de Pernambuco ou no Senado e pode migrar para o Solidariedade.

O maior número de baixas é do União Brasil. O partido, que advém de uma fusão do DEM com o PSL (ex-partido de Bolsonaro), perdeu dezenas de deputados bolsonaristas para o PL.

O Podemos, de Sergio Moro, perdeu dois parlamentares em razão da candidatura do ex-juíz: José Medeiros (MT) e Diego Garcia (PR), ambos da base de apoio de Bolsonaro. Por outro lado, filiou Tiago Dimas (TO), anteriormente filiado ao Solidariedade.

Leia Também


Veja todas as trocas feitas até agora

  • Abílio Santana (BA): PL → PSC
  • Bia Kicis (DF): União Brasil → PL
  • Augusto Coutinho (PE): Solidariedade → Republicanos
  • Capitão Alberto Neto (AM): Republicanos → PL
  • Capitão Fabio Abreu (PI): PL → PSD
  • Carla Zambelli (SP): União Brasil → PL
  • Carlos Jordy (RJ): União Brasil → PL
  • Caroline de Toni (SC): União Brasil → PL
  • Charlles Evangelista (MG): União Brasil → PL
  • Chris Tonietto (RJ): União Brasil → PL
  • Cristiane Yared (PR): PL → PP
  • Coronel Armando (SC): União Brasil → PL
  • Coronel Chrisóstomo (RO): União Brasil → PL
  • Coronel Tadeu (SP): União Brasil → PL
  • Da Vitória (ES): Cidadania → PP
  • Daniel Freitas (SC): União Brasil → PL
  • Delegado Eder Mauro (PA): PSD → PL
  • Diego Garcia (PR): Podemos → Republicanos
  • Eduardo Bolsonaro (SP): União Brasil → PL
  • Eros Biondini (MG): Pros → PL
  • Felício Laterça (RJ): União Brasil → PP
  • Flávio Nogueira (PI): PDT → PT
  • General Girão (RN): União Brasil → PL
  • Gustinho Ribeiro (SE): Solidariedade → Republicanos
  • Joice Hasselmann (SP): União Brasil → PSDB
  • José Medeiros (MT): Podemos → PL
  • Junio Amaral (MG): União Brasil → PL
  • Leandre (PR): PV → PSD
  • Léo Motta (MG): União Brasil → PL
  • Loester Trutis (MS): União Brasil → PL
  • Lourival Gomes (RJ): União Brasil → PP
  • Luis Miranda (DF): União Brasil → Republicanos
  • Luisa Canziani (PR): PTB → PSD
  • Luiz Antonio Correa (RJ): PL → PP
  • Luiz Lima (RJ): União Brasil → PL
  • Luiz Philippe de Orleans e Bragança (SP): União Brasil → PL
  • Major Fabiana (RJ): União Brasil → PL
  • Mara Rocha (AC): PSDB → MDB
  • Marcelo Alvaro Antonio (MG): União Brasil → PL
  • Marcio Labre (RJ): União Brasil → PL
  • Marcos Aurélio Sampaio (PI): MDB → PSD
  • Marina Santos (PI): PL → Republicanos
  • Nelson Barbudo (MT): União Brasil → PL
  • Nivaldo Albuquerque (AL): PTB → Republicanos
  • Pedro Augusto Palareti (RJ): PSD vPP
  • Pedro Lucas Fernandes (MA): PTB → União Brasil
  • Pedro Lupion (PR): União Brasil → PP
  • Ricardo Izar (SP): PP → Republicanos
  • Roman (PR): Patriota → PP
  • Rose Modesto (MS): PSDB → União Brasil
  • Sanderson (RS): União Brasil → PL
  • Sóstenes Cavalcante (RJ): União Brasil → PL
  • Tiago Dimas (TO): Solidariedade → Podemos
  • Vicentinho Júnior (TO): PL → PP
  • Wilson Santiago (PB): PTB → Republicanos

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários