O senador Renan Calheiros e o governador Renan Filho se encontram com Lula, em São Paulo
Ricardo Stuckert/Divulgação
O senador Renan Calheiros e o governador Renan Filho se encontram com Lula, em São Paulo

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) e o seu filho, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), se reuniram nesta segunda-feira com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em São Paulo. Apesar de o MDB ter lançado a pré-candidatura presidencial da senadora Simone Tebet (MS), os Calheiros devem apoiar o petista na corrida pelo Palácio do Planalto.

Lula e Renan estabeleceram um relação de proximidade durante os governos do ex-presidente. A família só se afastou dos petistas na época do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016. Então presidente do Senado, Renan foi favorável ao afastamento da sucessora de Lula.

A relação, porém, foi retomada já no ano seguinte. Quando o líder petista fez uma caravana pelo Nordeste em 2017, Renan e Renan Filho o receberam com pompa às margens do Rio São Francisco.

Na eleição presidencial de 2018, apesar de o MDB ter lançado a candidatura de Henrique Meirelles, os Calheiros apoiaram e fizeram campanha para Fernando Haddad (PT).

Leia Também

Renan Calheiros ainda tem mandato no Senado até 2026. Já Renan Filho não pode mais dusputar o cargo de governador por estar em seu segundo mandato e deve concorrer ao Senado este ano.

"Tive hoje uma boa conversa com o presidente Lula sobre o desenvolvimento de Alagoas e do Nordeste. Também estavam presentes o senador Renan e meu filho Davi. Democracia, economia, educação e segurança públicas, a qualidade de vida das pessoas e o processo eleitoral de 22 foram temas das reflexões que fizemos", escreveu Renan Filho, nas redes sociais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários