Bolsonaro e Mourão
Alan Santos / Presidência da República
Bolsonaro e Mourão

presidente Jair Bolsonaro desistiu de participar da reunião de presidentes do Fórum para o Progresso da América do Sul (Prosul), criado em 2019 por líderes conservadores da região, e designou o vice-presidente Hamilton Mourão para representá-lo. O evento ocorrerá na quinta-feira, em Cartagena, na Colômbia .

A decisão de Bolsonaro foi antecipada pelo site de notícias Metrópoles e confirmada pelo GLOBO. A razão da desistência não foi revelada. Uma fonte próxima ao Palácio do Planalto arriscou como palpite o fato de a data da reunião de cúpula coincidir com o dia da missa de sétimo dia da morte da mãe do presidente, dona Olinda .

A falta de explicações do Palácio do Planalto não ocorre apenas com a desistência da viagem do presidente à Colômbia. A agenda de Bolsonaro, que havia sido publicada na noite de domingo,  foi retirada do ar nesta segunda-feira. No lugar, aparece apenas a informação: "sem compromissos oficiais."

Segundo O GLOBO apurou, Bolsonaro segue despachando de seu gabinete nesta segunda-feira. Ele recebeu o chanceler Carlos França nesta tarde para tratar justamente sobre a viagem à Colômbia.

Pela manhã, o presidente já não teria compromissos. Entretanto, à tarde, estavam previstos uma reunião com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e um evento no Palácio do Planalto de lançamento do Programa Nacional de Serviço Civil Voluntário, entre outras agendas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários