Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Divulgação/Agência Senado/Jefferson Rudy
Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) entrou com representação ao TCU (Tribunal de Contas da União) devido aos gastos do  presidente Jair Bolsonaro (PL) e ao auxílio as vítimas da Bahia .

A representação requer que a Corte inspecione e cobre informações sobre os gastos feitos pelo governo federal em relação às férias de Bolsonaro em São Paulo e em Santa Catarina. 

Ainda, o senador solicita que estes gastos de Bolsonaro sejam revertidos para os municípios da Bahia e de Minas Gerais, que estão em estado de calamidade por conta das chuvas e enchentes.

“Diante do estado de emergência em que se encontram os municípios brasileiros e diante do envio insuficiente de recursos federais para mitigar a tragédia”, diz trecho da representação.

Leia Também

Os temporais na Bahia deixaram 24 mortos, 434 feridos e 91 mil desabrigados. Até o momento, 132 municípios declararam situação de emergência. Randolfe ainda destacou que até então o governo editou um Medida Provisória que destinou R$ 200 milhões para reconstrução de estradas, sendo apenas R$ 80 milhões para o estado nordestino.

Randolfe ainda destacou que “a omissão e o descaso do presidente Bolsonaro diante da tragédia contrastam com as atitudes de seus predecessores”.

“Apesar de estar de férias, o presidente da República ocupa o cargo da mais alta relevância do ponto de vista da tomada de decisões em situações de calamidade pública, enchentes e inundações como as atualmente vivenciadas pelo povo baiano. Diante de todo esse sofrimento, a interrupção espontânea das férias do presidente Jair Bolsonaro seria até uma demonstração mínima de humanidade e sensibilidade”, diz o senador.

O presidente Jair Bolsonaro manteve suas férias em Santa Catarina mesmo em meio as mortes e a destruição que as chuvas causaram na Bahia. A atitude do mandatário tem sido criticada por apoiadores, opositores e gerado revolta nas redes sociais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários