Doações chegam às cidades
GOVBA
Doações chegam às cidades

O Ministério das Relações Exteriores dispensou o pedido do governador da Bahia, Rui Costa, para autorizar o envio de ajuda humanitária da Argentina ao estado, que vive uma crise após as fortes chuvas que atingiram principalmente o sul do território baiano .

Nesta quarta-feira (29), nas redes sociais, Rui Costa agradeceu a oferta do governo argentino e pediu que o governo federal autorizasse a ação. "O país nos ofereceu envio imediato de uma missão com dez profissionais especializados nas áreas de água e saneamento, logística e apoio psicossocial para vítimas de desastres. Isso inclui, por exemplo, a oferta de comprimidos para potabilização de água", escreveu.

"Com a união de esforços, vamos superar este difícil momento. Agora, a missão argentina aguarda a autorização do Ministério das Relações Exteriores para que possam vir à Bahia. Agradeço aos argentinos e peço ao Governo Federal celeridade na autorização para a missão estrangeira", acrescentou.




Leia Também


De acordo com o documento do Ministério das Relações Exteriores enviado à embaixada da Argentina acessado pelo G1 , o governo federal afirma que os recursos financeiros são suficientes, com a reserva de R$ 200 milhões para enfrentar a situação.

"Na hipótese de agravamento da situação, requerendo-se necessidades suplementares de assistência, o Governo brasileiro poderá vir a aceitar a oferta argentina de apoio da Comissão Capacetes Brancos, cujos trabalhos são amplamente reconhecidos", aponta um trecho do texto.

Na tarde de hoje, a Defesa Civil informou que o número de mortos devido às fortes chuvas na Bahia subiu para 24 . No total, 132 municípios se encontram em estado de emergência e ao menos 434 pessoas ficaram feridas. Além disso, são 37.324 desabrigados e 53.934 desalojados, com 629.398 pessoas afetadas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários