Jair Bolsonaro
Isac Nóbrega/ PR
Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) explicou o motivo de o Brasil ter recusado a ajuda humanitária argentina para a situação da Bahia . Segundo o presidente, a ajuda "não seria necessária no momento", mas pode ser aceita caso a situação no estado piore.

As enchentes em 136 cidades da Bahia já deixaram 24 mortos e quase 100 mil desabrigados . Segundo a Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), quase 630 mil pessoas foram afetadas.

No Twitter, Bolsonaro explicou que recusou o auxílio argentino porque as Forças Armadas e a Defesa Civil já estão prestando assistência similar à oferecida pelo país vizinho. 



"Por essa razão, a avaliação foi de que a ajuda argentina não seria necessária naquele momento, mas poderá ser acionada oportunamente, em caso de agravamento das condições. A resposta do Ministério das Relações Exteriores à Embaixada Argentina é clara a esse respeito", escreveu Bolsonaro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários