Cabo Daciolo (Brasil 35) se encontrou com o pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT)
Reprodução/Twitter
Cabo Daciolo (Brasil 35) se encontrou com o pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT)

Sexto colocado nas eleições presidenciais de 2018, o ex-deputado Cabo Daciolo (Brasil 35) compartilhou em sua conta no Twitter um registro do encontro com o pré-candidato ao Palácio do Planalto em 2022 pelo PDT, o ex-governador Ciro Gomes. Na publicação, Daciolo, que é evangélico, afirmou que ama o pedetista e reproduziu um versículo bíblico.

“EU AMO O CIRO GOMES!!! YAUH É AMOR. Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que YAUH o ressuscitou dentre os mortos, será SALVO. Romanos 10:9”, escreveu o ex-deputado.

Daciolo chegou a ser lançado como um nome na disputa presidencial do próximo ano quando se filiou ao Brasil 35, mas retirou sua candidatura no último dia 16 . Na ocasião, em vídeo compartilhado pela página de campanha de Ciro Gomes, o ex-deputado declarou apoio ao pedetista no pleito.

“Meu candidato à Presidência da República é Ciro Gomes. Irmãozão, no dia da eleição, em 22, na contagem dos votos, se você tiver um voto lá, saiba que esse voto foi do Cabo Daciolo”, declarou o ex-deputado na publicação.

Daciolo afirmou ainda não saber se entrará na disputa por uma vaga no Senado Federal, pelo governo de Santa Catarina ou se irá ficar de fora das próximas eleições.

Entre os seus apoiadores, parte recebeu de forma negativa o voto do ex-deputado em Ciro Gomes, afirmando se tratar de uma “decepção”. Por outro lado, alguns seguidores encaram com bons olhos a aliança por um “projeto nacional”.

Leia Também

“Aí quebra @CaboDaciolo. Eu ia votar em você com toda certeza mas me decepcionei com essa sua aliança. Logo com o Coroné do Ceará. Que decepção!”, escreveu um apoiador.

“Sou cristão evangélico da Primeira Igreja Batista, e este é o projeto q me representa...O compromisso de país com um nacionalista patriota como o @cirogomes e @CaboDaciolo ...Vamos juntos por um Projeto Nacional”, disse outro usuário.

Apoio a Ciro

A decisão de apoiar a candidatura de Ciro Gomes foi anunciada um dia depois de o ex-governador ter sido alvo de uma operação da Polícia Federal que apura um suposto esquema de corrupção envolvendo as obras da Arena Castelão, no Ceará.

Sobre o caso, Daciolo afirmou no vídeo que “quando entram as calúnias, quando entram as perseguições, Ciro Gomes, a palavra de Deus fala que bem aventurado serão aqueles que são blasfemados, caluniados e perseguidos”.

Na última disputa presidencial, Daciolo, então filiado ao Patriota, foi o sexto colocado no primeiro turno, com 1,26% dos votos válidos. O desempenho do candidato, que até então era pouco conhecido, surpreendeu por ter sido superior a nomes tradicionais, como Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários