Em maio a administração Doria contabilizava 54% de ruim/péssimo. Agora, esse número despencou para 39%
Divulgação
Em maio a administração Doria contabilizava 54% de ruim/péssimo. Agora, esse número despencou para 39%

A avaliação do governo  João Doria subiu de maio a dezembro, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira, 22, pelo Instituto Paraná Pesquisas. Em maio, a pesquisa apontava que o governo estadual tinha 15,8% de ótimo/bom. No estudo divulgado ontem esse número saltou para 28,2%, crescimento superior a 12 pontos. Os dados demonstram ainda que o ruim/péssimo da administração recuou 15 pontos. Em maio a administração Doria contabilizava 54% de ruim/péssimo. Agora, esse número despencou para 39%.

Nos próximos meses,  Doria terá uma extensa agenda de estrega de obras. Ainda em dezembro, três novas estações de Metrô e da CPTM passam a operar. Além disso, estão em obras seis linhas, 36 estações e 47 quilômetros de extensão no Metrô e na CPTM. Também serão retomadas as obras de outras cinco linhas do Metrô e da CPTM que estavam paralisadas.


Em fevereiro está prevista a entrega do trecho de Serra da Rodovia dos Tamoios. Também estão em andamento 151 obras em estradas do DER em 1.675 km de rodovias, com R$ 2,3 bilhões em investimento e geração de 18 mil empregos.


Doria também fará entregas importantes na área da Saúde , com a abertura do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e da unidade da Rede Lucy Montoro, em Taubaté, no Vale do Paraíba. As obras de dois novos hospitais estão em andamento e devem ser entregues no primeiro semestre de 2022: o Hospital Pérola Byington destinado exclusivamente ao tratamento da mulher, e Hospital Regional de Barueri.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários