Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB)
Reprodução / CNN Brasil
Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB)

Nesta terça-feira (23), em coletiva de imprensa, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite , rebateu as críticas feitas pelo ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio. Na ocasião, o político gaúcho disse que Virgílio estava falando "aquilo que o candidato ao lado dele" não desejava falar, em referência ao seu principal rival nas prévias do PSDB, o governador de São Paulo, João Doria.

"Espero que ele recobre a consciência e volte a falar sobre ele e não sobre os outros", disse Leite, acrescentando não ser inferior por ser mais jovem e que saiu da prefeitura de Pelotas, da qual era gestor, com boa aprovação. Ele também mencionou ter conseguido eleger a sucessora, o que Virgílio não conseguiu em Manaus (AM) quando também foi prefeito.

Após ver a união de Doria e Virgílio — que, inclusive, realizaram uma coletiva juntos mais cedo — Leite disse que a suspensão das prévias do partido serviu para mostrar que seus adversários, na verdade, atuam de forma conjunta .

Oficialmente, os três disputam o posto de representante do PSDB na eleição presidencial. Mas, na prática, os candidatos com chance de vitória são Leite e Doria.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários