Arthur Virgílio diz que há tentativas de boicotar as prévias do PSDB
Reprodução/Youtube
Arthur Virgílio diz que há tentativas de boicotar as prévias do PSDB

Em pronunciamento feito na tarde desta terça-feira (23), o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, disse que há movimentos nos bastidores contra as prévias do PSDB. A eleição interna que irá definir o representante tucano na eleição presidencial seria realizada no domingo (21), mas foi suspensa após o aplicativo para registro de voto apresentar instabilidade.

Depois disso, candidatos e seus aliados começaram a trocar farpas. Hoje, sem citar nomes, Virgílio retomou algumas críticas. "As pessoas que estão fazendo jogo menor e fazem isso por qualquer razão que não seja má fé, eu entendo. O que eu não entendo é alguém estar tentando boicotar uma coisa tão boa para um partido, para o Brasil, que são as prévias", lamentou.

Ele fez a declaração ao falar com a imprensa ao lado do governador de São Paulo, João Doria, também candidato nas prévias. Os dois têm se pronunciado de forma conjunta nessa reta final de campanha interna.

Antes disso, no domingo, Virgílio também fez críticas a um oponente, mas foi específico ao citar o deputado federal Aécio Neves (MG), que apoia o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Para o ex-prefeito, que defende a "desbolsonarização" do PSDB, o parlamentar é uma "maçã podre" no partido. Em resposta, Aécio disse que Virgílio é "pouco relevante" e "laranja do Doria".

Conclusão das prévias

Horas antes da coletiva dos dois candidatos, o PSDB anunciou a contratação da Relata Soft para concluir a votação até o fim de semana. A empresa é especialista em sistemas eleitorais e entra no processo após as equipes da Faurgs (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul) não identificarem as falhas no aplicativo original.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários