Sergio Moro
Reprodução iG Minas Gerais
Sergio Moro

Uma conta de nome @sf_moro foi derrubada do Telegram após compartilhar conteúdos pornográficos na madrugada desta quarta-feira (3). O perfil tentava se passar pelo  ex-ministro da Justiça e provável candidato à presidência em 2022.

O iG entrou em contato com a assessoria de Moro, que negou que a conta seja do jurista. 

"Nós — da equipe Moro — solicitamos que a conta fake fosse apagada e requeremos o domínio sf_moro", informou a equipe de Moro.

O ex-juíz já foi alvo de ataque hacker em sua conta no Telegram. Em 2019, o celular de Moro foi invadido e conversas com procuradores da Lava Jato foram divulgadas. As conversas foram a público em reportagens do Intercept, em série que ficou conhecida como "Vaza Jato"  e colocou em suspeita a imparcialidade do ex-juíz em processos que envolvia o ex-presidente Lula. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários