Ministro da Economia, Paulo Guedes
Isac Nóbrega/ PR
Ministro da Economia, Paulo Guedes

A CPI da Covid não pedirá o indiciamento do ministro da Economia, Paulo Guedes. A informação foi dada pelo vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), após reunião do G7 — que reúne senadores independentes e da oposição. As informações são do Uol .

Randolfe era um dos defensores do pedido de indiciamento de Guedes . Segundo ele, há documentos do ministério da Economia que mostram que a pasta foi uma das responsáveis pela adoção da estratégia de rebanho. 

Na véspera da votação final, porém, o senador diz que sugerir o indiciamento de Guedes pode prejudicar ainda mais a economia brasileira, que observa aumento da inflação e alta de dólar.

A votação do relatório deve ser iniciada às 10h desta terça-feira (26). O documento passou por novos ajustes de última hora; entre eles, houve a  inclusão de mais 10 nomes na lista de sugestões de indiciamentos.

Para que o relatório seja aprovado, é necessário o voto 'sim' da maioria simples dos 11 senadores. Na composição da cúpula, sete são de oposição ao governo ou independentes, e quatro são governistas.

Uma vez aprovado, o relatório será encaminhado aos órgãos de fiscalização e controle, como MPF (Ministério Público Federal), por meio da PGR (Procuradoria-Geral da República); e o Ministério Público dos estados (com foco no Distrito Federal e em São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários