Presidente Jair Bolsonaro
Reprodução, iG Minas Gerais
Presidente Jair Bolsonaro

À procura de um partido há quase dois anos,  o presidente Jair Bolsonaro intensificou as negociações com o PL, um dos pilares do centrão, presidido pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto. O próprio titular do Palácio do Planalto já tratou sobre seu possível ingresso na legenda com o cacique da sigla.

Parte da cúpula do PL discutiu o assunto durante um jantar, na última quarta-feira, no apartamento do senador Wellington Fagundes (PL-MT), com a deputada Bia Kicis (DF), nome de confiança do Palácio do Planalto. Além dela e do anfitrião, estavam presentes Valdemar Costa Neto — condenado no mensalão, ele depois foi beneficiado com um indulto —, a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda (DF), os senadores Jorginho Mello (SC) e Carlos Portinho (RJ), assim como o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (AM).

Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) confirma as conversas, mas deixa claro que seu pai continua dialogando com o PP, outra legenda do centrão, comandada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira. O senador diz que a chance da ida de Bolsonaro é "animadora".

Leia Também

Mais detalhes sobre as condições impostas por Bolsonaro, os impasses à vista pelo histórico de Costa Neto ser um ex-aliado de Lula e quais os recuos que o chefe do Executivo pode fazer para ingressar na sigla estão na matéria completa, exclusiva para assinantes .

Leia Também


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários