Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ)
Reprodução: Redes Sociais
Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ)

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), criticou a audiência pública realizada pela CPI da Covid-19 com familiares de vítimas da doença , na manhã desta segunda-feira (18). Flávio saiu em defesa do pai, Jair Bolsonaro (sem partido) e disse que os presentes na oitiva foram "escolhidos para falar mal do presidente" em vídeo no Instagram.

O político classificou a sessão do colegiado como “algo macabro, triste e lamentável”. “Pessoas foram escolhidas a dedo para virem à CPI e falar mal do presidente. Pessoas com histórico de militância contra o presidente vieram com o compromisso de responsabilizar Bolsonaro pela morte de seus familiares”, afirmou.

O parlamentar garantiu que “Bolsonaro fez e continuará fazendo o que está ao seu alcance”. “O governo Bolsonaro fez o dever de casa, fez os cortes necessários, diminuiu despesas, tudo para permitir que tivéssemos condições de amparar quem mais precisa”, explicou.

Apesar da defesa de Flávio Bolsonaro, integrantes da área da Saúde disseram acompanhar falta de EPIs nas unidades de atendimento. Uma enfermeira de Manaus, ouvida na CPI, Mayra Lima, que perdeu a irmã para a doença, relatou a falta de EPIs para tratar os pacientes. De acordo com ela, muitas vezes, esses equipamentos foram custeados pelos próprios profissionais.

Leia Também


Ainda, Flávio voltou a julgar os trabalhos da CPI da Covid, a qual ele é membro na condição de suplente. “Essa CPI mancha a imagem do Senado Federal. Grande parte da população olha para cá com nojo. Essa CPI teve a audácia, falta de sensibilidade de explorar a dor das pessoas que estão depondo”.

O senador afirmou que Bolsonaro foi o responsável pelos imunizantes no Brasil. “Todas as vacinas aplicadas foram viabilizadas pelo presidente Bolsonaro. Presidente Bolsonaro impediu o caos no Brasil”, prosseguiu integrante do Patriota.

O filho do Chefe do Executivo encerra o vídeo com um pedido: “Isso que vimos hoje é muito feio e precisa ser denunciado, como estou fazendo aqui agora. Se Deus quiser, essa CPI vai acabar logo”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários