Eduardo Girão (Podemos-CE)
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Eduardo Girão (Podemos-CE)

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) afirmou nesta terça-feira (05), que entregará um relatório paralelo ao de  Renan Calheiros (MDB-AL) sobre as investigações conduzidas pela CPI da Covid-19 .

Segundo o senador Girão, o documento independente está sendo estruturado pela equipe de seu gabinete. “Eu irei entrar com um relatório independente aqui nessa comissão. Já estou fazendo com equipe e quero anunciar oficialmente que nós vamos [elaborar] com base em tudo que recebemos e que pudemos apurar”, disse.

Girão afirma que o “relatório independente” incluirá desvios de verbas federais nos estados e municípios, além de citar omissões do governo federal durante a pandemia.

Ainda, o senador cearense alfinetou o parlamentar Randolfe Rodrigues (Rede-AP)  ao dizer que o relatório terá “impressões com base em fatos e não em narrativas”, ironizando a fala do senador Randolfe presente na sessão. “Eu vou retirar a palavra narrativa [dos registros taquigráficos] porque o monopólio do uso da palavra pertence somente ao senador Marcos Rogério”.

Leia Também

"Já tem um relatório pronto do relator [Renan Calheiros]. Antes de começar a CPI, ele já deu depoimento dizendo quem era culpado e quem era inocente. Já tiramos daí a falta de imparcialidade", opina Girão.

O relatório do senador Eduardo Girão seria o terceiro documento a ser apresentado por membros da CPI. Além do relatório de Renan Calheiros, um texto governista, feito pelo senador Marcos Rogério (DEM-RO), também deverá ser apresentado na semana de 19 de outubro, para quando está prevista a apreciação dos relatórios.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários