Michel Temer e o presidente Jair Bolsnonaro
Wilson Dias/Agência Brasil
Michel Temer e o presidente Jair Bolsnonaro

O ex-presidente Michel Temer nega que tenha alertado o presidente da Repúbica sobre uma possível prisão de seu filho, o vereador Carlos Bolsnonaro, por parte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Segundo o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), esse teria sido o motivo do recuo de Bolsonaro após o discurso golpista de 7 de setembro . As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

“Não houve uma única palavra sobre qualquer filho do presidente, absolutamente nada”, esclareceu Temer. Segundo ele, a narrativa do deputado petista é“um exagero brutal, uma coisa triste, falsa, desagradável”.

Segundo Temer, a conversa com Bolsonaro por telefone antes da  elaboração da 'Declaração à Nação' objetivava apenas “a distensão que todos queriam”, e que teria sido alcançada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários