Bolsonaro perderia para todos os candidatos testados
Alan Santos/ PR
Bolsonaro perderia para todos os candidatos testados


Se o segundo turno das eleições fosse hoje e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estivesse garantido nele, ele sairia derrotado por pelo menos quatro candidatos: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT),  o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB).


Esses dois últimos vão disputar as prévias do PSDB , em que a legenda decidirá qual tucano vai lhe representar na eleição de 2022. Segundo o levantamento PoderData, os dois têm desempenho idêntico contra Lula. Num eventual segundo turno entre PT e PSDB, o ex-presidente ficaria com 53% dos votos, enquanto os dois tucanos conquistaria a preferência de apenas 15% dos eleitores.


Eles também empatam tecnicamente quando colocados em disputa contra Bolsonaro. Doria venceria o atual presidente por 44% contra 35% das intenções de voto. Já Leite registrou 44% ante 34% das intenções pró-Bolsonaro.

Leia Também


O chefe do Executivo nacional, inclusive, registrou porcentagem estável, com 36% no cenário contra Ciro Gomes (46%) e 33% se colocado contra Lula (56%). 


No geral, a pesquisa apurou um  resultado similar ao identificado por outros levantamentos que indicaram larga vantagem do petista contra os opositores. Lula venceu todos os cenários analisados, com diferença de 23 pontos percentuais contra Bolsonaro e de 38 pontos contra os tucanos.



Com dados coletados de segunda (27) a esta quarta-feira (29), o PoderData realizou 2,5 mil entrevistas por telefone, com pessoas espalhadas nas 27 unidades da federação. A margem de erro do questionário é de dois pontos percentuais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários